O DIAGNóSTICO DA DOENçA DE ALZHEIMER ATRAVéS DO EXAME DE LíQUOR

O Comprometimento Cognitivo Leve (CCL) pode ser um indicativo de que a pessoa está próxima de ser acometida por uma doença grave: a Demência de Alzheimer. A análise do líquor (líquido cefalorraqueano), que banha todo o cérebro e a medula espinhal, pode refletir determinados processos anormais ou doenças que acometem o sistema nervoso central. Apesar da Doença de Alzheimer ser a maior causa de demência após os 65 anos de idade, outras causas devem ser excluídas, tais como, neurossífilis, Creutzfeuldt-Jacob, entre outras, cuja análise do líquor tem importância fundamental nesta diferenciação. “Alguns casos de déficit cognitivo leve podem evoluir para demência com o decorrer dos anos. Por isso, é tão importante identificar se este déficit é o início de Alzheimer, pois existem medicamentos que podem retardar o desenvolvimento da doença e melhorar a qualidade de vida dos pacientes”, explica o especialista em líquor, Carlos Senne, diretor-presidente do Senne Líquor Diagnóstico, referência no país em sua especialidade.

Considerada a mais comum entre todos os tipos de demências, a Doença de Alzheimer atinge 5% da população a partir dos 60 anos e chega a 50% dos idosos a partir dos 85 anos. “Porém, pessoas mais jovens também podem desenvolver a doença”, alerta Senne. Segundo o especialista, a literatura começa a divulgar dados de pacientes com sintomas de comprometimento cognitivo já na faixa dos 40 anos. Um protocolo de pesquisa nos Estados Unidos propõe que jovens a partir de 25 anos, com histórico familiar da doença, realizem o exame de líquor para um possível diagnóstico precoce e início da terapia, cujo objetivo é retardar os efeitos da Doença Alzheimer.

O procedimento para realização do exame do líquor é simples, seguro e pouco doloroso. A retirada do material, explica Carlos Senne, é feita por meio da punção lombar, por médico especialista, com agulha de raquianestesia, semelhante à punção da anestesia raquidiana. Após a extração, o líquor é analisado em equipamentos de alta tecnologia empregada, que quantificam as mínimas variações das baixas taxas de Peptídeo Beta Amilóide, associadas às altas taxas de Tau e Tau Fosforilada. Essas associações, segundo Senne, estão relacionadas à Demência de Alzheimer entre 80 e 90% dos casos.

O exame, detalha o especialista, é muito bem tolerado pela grande maioria dos pacientes. As restrições estão relacionadas aos distúrbios de coagulação, lesões infectadas no local da punção e presença de cirurgias neuro-ortopédicas na coluna lombar com interposição de próteses. Esta última restrição, lembra Senne, não é causa absoluta de impedimento da punção. “Nesse caso, é necessário observar o procedimento cirúrgico através de exames de imagens para avaliarmos a real possibilidade de realizar a punção”, pondera o especialista.

Sobre o Senne Liquor Diagnóstico

Guiado por uma tradição de quase 40 anos, o Senne Líquor Diagnóstico é referência na coleta e análise do líquido cefalorraqueano (LCR) – o líquor – no país. Desde que iniciou suas atividades como laboratório médico especializado, em 1972, tem posto em prática a qualidade e as tecnologias de seus serviços, aliadas ao diferencial de excelência no diagnóstico e na atenção ao paciente e à classe médica. A atuação do Senne tem sido guiada por preceitos éticos, metas de excelência técnica, confiabilidade nos seus serviços e atendimento humano personalizado.

A sintonia entre a vanguarda, o rigor do conhecimento científico e a vocação para o atendimento de forma atenciosa e diferenciada gerou, como consequência, o reconhecimento e a confiança de toda classe médica. Assim, tornou-se o primeiro laboratório especializado em líquido cefalorraqueano do Brasil a obter as certificações de qualidade ISO 9001 (em 2001) e ONA Pleno (em 2009), ambos pela Fundação Vanzolini.

“São 39 anos de experiência, sempre com a preocupação de garantir a qualidade e atender às necessidades e expectativas dos clientes médicos e pacientes. Recentemente, nos estruturamos para expandir e assim atender laboratórios do país inteiro na execução de exames raros/exóticos”, destaca Carlos Senne. No final do ano passado, o laboratório inaugurou na cidade de Campinas (SP) sua primeira Unidade Avançada fora da capital paulista. Muito em breve, outras localidades do país também serão beneficiadas com a confiabilidade dos exames do Senne, já que o laboratório estuda levar suas atividades para novas cidades.

Related Posts