Currículo do Dr. Senne

Formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1971).

Professor Instrutor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Título de Especialista em Patologia Clínica pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial.

Membro Fundador da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Membro Fundador do Departamento Cientifico de Líquido Cefalorraqueano da Academia Brasileira de Neurologia.

Chefe da Seção de Líquido Céfalorraqueano do Laboratório Central dos Hospitais da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (1973 a 1985).

Chefe da Seção de Líquido Céfalorraqueano do Laboratório do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

Responsável pela Seção de Líquido Cefalorraqueano do Departamento de Laboratório Clínico do Hospital Israelita Albert Einstein.

Presidente do Departamento Científico de Patologia Clínica da Associação Paulista de Medicina (1981 a 1987).

Secretário do Grupo de Trabalho sobre Líquido Cefalorraqueano da Academia Brasileira da Neurologia (1985 a 1986).

Membro efetivo da Banca Examinadora do Título de Especialista da. Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/ Medicina Laboratorial.

Diretor Científico da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/ Medicina Laboratorial (1993 a 95).
Presidente da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/ Medicina Laboratorial (1995 a 97).

Fellow of American Colege of Phatology (1994).

Fellow of American Society of Clinical Phatology (1995).

Autor do Capítulo, Punção Liquórica do livro Condutas No Paciente Grave, 3a edição, vol. 2. Atheneu.

Autor do Capítulo, O Exame do Líquido Cefalorraqueano do livro Esclerose Múltipla no Brasil Aspectos Clínicos e Terapêuticos. Série Neurologia – Diagnóstico e Tratamento. Atheneu.

Autor do Capítulo Meningites Bacterianas do livro Medicina Tropical. Atheneu.

Outros Livros como o do Dr. João Guerra e o Tratado de neurologia da ABN.
Autor de diversos trabalhos científicos em Congressos e Revistas Médicas nacionais e internacionais.